26 de dez de 2013

Livros

Heey Girls!E ai como foi o Natal de vocês?Comeram bastante?Ganharam muitos presentes? Hahaha!

Então eu ganhei o Livro " A Culpa é das Estrelas " .





Eu sei que todo mundo está falando sobre esse livro e tals.Mas eu recomendo,ele é muito bom,e eu adorei tanto o livro que eu li ele em apenas dois dias!Então pra quem não leu vou postar a Resenha dele!

Hazel é uma adolescente de dezesseis anos, porém, com um diferencial: tem  câncer de tireoide com metástase nos pulmões desde os treze anos. Ultimamente encontrava-se deprimida, lia o mesmo livro diversas vezes, não fazia questão de comer e sair de casa. Frequentava o Grupo de Apoio para Crianças com Câncer uma vez por semana, às quartas-feiras, o qual era liderado por Patrick, grande inspirador para sua mãe. 

"Contei ao Augustus a versão resumida do meu milagre: diagnosticada com câncer de  tireóide em estágio IV aos treze anos (Não contei que o diagnostico veio três meses depois da minha primeira menstruação. Tipo: Parabéns! Você já é uma mulher. Agora morra.) E foi o que disseram, é incurável."

Certo dia Hazel desistiu de ir ao Grupo de Apoio, estava farta daquilo tudo e já começava a dar sinais de depressão. Uma das suas desculpas foi ficar para assistir a maratona de doze horas da temporada anterior de America's Next Top Model, que já estava no meio da terceira temporada. Após sua mãe insistir, a incentivando a fazer novos amigos, ela decide ir.

Hazel, ao sair do carro e se despedir de sua mãe, Sra. Lancaster, pegou um pouco de limonada num copo descartável e um biscoito, e subiu as escadas - porque achava que subir pelo elevador era quem estava nos seus "Últimos dias no Grupo de Apoio" -, enquanto um garoto olhava fixamente para ela. Eles não se conheciam, mas o olhar dele queria dizer alguma coisa, algo que ela estava disposta a descobrir.

Algum tempo depois, cada integrante do grupo foi se apresentando. Eis que chega a vez daquele belo rapaz, Augusto Waters, de dezessete anos, ex-jogador de basquete e que sofre de osteossarcoma (o motivo da perda de sua perna) há um ano e meio. Também é amigo do Isaac, quem o convidou para o Grupo.

Resumindo: O casal se conheceu em um grupo formado por jovens que acreditam que podem superar o câncer, se conhecem e se apaixonam com o tempo. Hazel indica um bom livro à Augustus, Uma Aflição Imperial (também chamado de UAI), escrito pelo autor Peter Van Houten. Hazel sempre enviava cartas ao autor, mas nunca obteve sequer uma resposta. Após Augustus ler o livro, ficou fascinado pela estória. Ambos decidem se aventurar viajar até a Holanda, claro, junto com a mãe de Hazel, graças a um convite do autor, que ficou mega empolgado com o e-mail que o Augustus enviou e logo foi respondido. Alguns contra-tempos aconteceram, e o casal também conheceu o Anne Frank Museum Amsterdam, acompanhados pela ex-secretária de Peter, Lidewij. A viagem à Amsterdã não foi como eu imaginava, mas superou as minhas expectativas, apesar de eu estar decepcionadíssima com o Peter Van Houten. Eles aproveitaram bastante (em todos os sentidos: com direito a sexo e champagne) essa primeira e última viagem do casal.

"[...] Estou apaixonado por você, e sei que o amor é apenas um grito no vácuo, e que o esquecimento é inevitável, e que estamos todos condenados ao fim,e que haverá um dia em que tudo o que fizemos voltará ao pó, e sei que o Sol vai engolir a única Terra que podemos chamar de nossa, e eu estou apaixonado por você."

Espero que vocês tenham gostado do Post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário